ATENDIMENTO MEDIÚNICO

 

Dia: Algum Sábado de Abril de 2014
Horário: 09h00
Local: Atendimento durante reunião espírita – São Paulo – SP

 

Lembro-me com muito carinho dessa história. Ela retornou a mente a algumas semanas. Questionei-me bastante, pois não sabia se esse estilo de história agradaria. Mas como foi de grande importância na minha formação resolvi arriscar e divulga-la.

 

cobra-coral-pessoa-webSábado começamos a reunião normalmente, com as pessoas aguardando para serem atendidas. Um rapaz que estava no canto me chamou a atenção e resolvi começar os trabalhos do dia por ele. Sentado na cadeira que fica no centro da roda, pude observar como estava seu corpo espiritual. Ele apresentava um quadro típico de quem passou por stress, discussão ou briga.

O Chakra cardíaco responsável pelas emoções queimava como brasa ao redor. Estava escuro e rodeado de larvas espirituais, demonstrando que a energia que foi gerada ali era muito nociva. Esse tipo de energia acumulada forma uma gosma escura e larvas astrais.

Acima na garganta onde se situa o Chakra laríngeo, também se encontrava com uma coloração escura, possivelmente o rapaz brigou e não conseguiu ou não pode falar tudo o que queria. Desta maneira, a energia ficou acumulada na garganta.

Não estou dizendo que agora devemos gritar ou xingar para que não acumulemos energia nociva na garganta se tivermos qualquer tipo de contenda. Há diversas formas de liberar essa energia por meio da respiração. Por isso depois de uma briga, quando respiramos fundo, sentimos aquele alívio.

Geralmente escutamos: “Calma… Respira fundo que passa”. Claro que existe o beneficio físico da oxigenação, mas aqui me refiro apenas à parte energética da situação. O estômago dele estava terrível, parecia um formigueiro de tanto verme. O rapaz levou uma bela carga energética nessa região que pode acumular energias de raiva e ira. A carga energética foi tão forte que já estava passando para o físico.

O quadro relatado baixou muito o padrão vibratório do rapaz, atraindo assim alguns espíritos de semelhante padrão energético. Essas entidades possuem várias nomeações, a mais comum é Obsessores.

Obsessores são muito mais comuns do que imaginamos e estão sempre em contato conosco em nosso cotidiano. Eu costumo classificar eles entre 1 e 10.

O número 1 é um espírito que se conectou por uma afinidade, mas ao ser percebido ele mesmo vai embora. O número 10 é realmente um problema.

Entre esses números existem uma variação grande e no caso do Rapaz era um de nível 3. A conexão foi realizada pela afinidade, mas não queriam deixar ele assim tão fácil. Como de costume seleciono entre os médiuns disponíveis aqueles que possuem mais semelhança energética com a situação. A espiritualidade facilita essa escolha ampliando nossa percepção durante os trabalhos.

A nossa reunião era frequentada um amigo muito querido, o Victor. Todos os espíritos que trabalhavam com o Victor eram da umbanda. Ele nos auxiliava e nós auxiliávamos a ele. Uma das características de nosso trabalho: cada médium trabalha com sua egregora, portanto temos uma variedade de espíritos que trabalhamcom ensinamentos e aprendizados, pois a evolução é continua e para todos. Claro que temos algumas regras para mantermos a organização.

rost-cobra-coral

Alguns espíritos não se adaptam a essas regras, trabalhando apenas algumas vezes e não aparecem mais. O caso é que o Victor trabalhava em parceria com um espírito muito bom para esse tipo de trabalho que chamamos carinhosamente de “limpeza”.

Nós o chamávamos de Senhor Cobra Coral. Confesso que já tinha escutado falar dessa entidade, mas nunca tinha percebido a sua presença trabalhando nos locais em que visitei. Ele se apresentava para nós na forma de um índio velho, de chapéu preto e com uma cobra coral enrolada no pescoço.

Victor se posicionou na frente do rapaz e começou a fazer a conexão com o Senhor Cobra Coral. Aqui relato será datado da maneira que minha clarividência me proporcionou, sendo que a mesma não é igual para todos. No futuro vou postar um texto falando mais sobre o assunto.

O espírito situou-se atrás do médium, colocando as mãos sobre o Chakra umeral do médium que fica sobre as escapulas. Esse Chakra é muito importante no corpo humano. O espírito começa a enviar energia para o médium que sente essa energia o envolver todo corpo. Os efeitos variam dependendo da característica mediúnica de cada um. No caso do Victor a característica é incorporação.

cobra-coral-08-incorporacao3

Com o médium envolvido nessa energia, a conexão é realizada por meio dos chakras: frontal, laríngeo, cardíaco, etc…(como podemos ver na ilustração). A responsabilidade do médium é ter uma vida regrada para que esses chakras estejam sempre organizados, facilitando a conexão.

Nesse momento o médium fica com a aparência do espírito, pois está envolvido com a energia do mentor. Seu perispírito assume essa forma momentaneamente. Por isso há clarividentes que enxergam espíritos atrás e outros que veem o espírito “dentro” do corpo. Vai da característica da clarividência de cada um. Aqui só estou relatando a forma como “eu” vejo, sem querer afirmar o que é certo ou errado.

Após a “incorporação” completa o Senhor Cobra Coral começou a trabalhar no períspirito do rapaz assistido. Eu nunca tinha visto nada parecido com o que vou relatar.

Das mãos do Senhor Cobra Coral saiam inúmeras cobras que se entrelaçavam no corpo do rapaz assistido. Essas cobras iam comendo aquele borrão preto juntamente dos vermes com uma rapidez incrível. As cobras estavam enroladas nos braços e no tórax. Deviam haver centenas ali. Após comerem e limparem, elas retornavam ao corpo do índio Cobra Coral. Embora o susto das cobras, o resultado foi maravilhoso! O corpo espiritual do rapaz ficou limpo, restando apenas buracos onde antes manchas e vermes se faziam presentes.

cobra-coral

Os obsessores por sua vez continuavam e sem a menor intenção de deixar o campo energético do rapaz. Enquanto eles riam, o rosto do Senhor Cobra coral assumiu a forma de uma serpente. O riso e rosnados pararam instantaneamente. A equipe do Senhor Cobra Coral chegou removendo as criaturas e, logo em seguida, sumiram. Victor já sem o contato espiritual respirou fundo disse que estava bem e retornou ao seu lugar.

rost-cobra-coral-cobra

Nora, outra médium do grupo que é ótima para doar ectoplasma, se levantou e soprou ectoplasma em forma de vapor nos buracos do rapaz que iam sendo preenchidos, finalizando e restaurando o perispírito do rapaz. Atendimento terminado. Após ouvir os conselhos para sua reforma intima, o rapaz sentindo-se melhor, retornando ao seu lugar.

Nesse trabalho pude aprender muitas coisas, entre elas o quanto prejudicamos nossos corpos quando preservamos péssimos hábitos e atitudes. Além do aparecimento de enfermidades, atraímos aqueles que sintonizam com nossas falhas. Segundo o quanto de trabalho damos aos espíritos quando temos esses rompantes em nossas vidas, fazendo que eu me torne mais grato pelas inúmeras ajudas que ainda necessito em função das minhas falhas. Refletir sobre nossas atitudes diárias e realizar as mudanças para que sejamos plenos de amor e felicidade.

Fico muito grato ao Espírito do Senhor Cobra Coral por nos agraciar com seu trabalho e seus ensinamentos.

Gratidão sempre

Anúncios

2 comentários sobre “ATENDIMENTO MEDIÚNICO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s