SER DISPONÍVEL

Data: Sábado / 18 de setembro de 2010
Local: Reunião espirita em casa de um amigo / São Paulo-SP
Horário: 18h30

Esse relato é sobre o aprendizado de “estarmos sempre disponíveis” – de corpo e alma – para ajudar o próximo e a nós mesmos, no plano material e e espiritual. Indo de encontro aos ensinamentos de Jesus sobre a caridade.

Aborto de Crianças
O acontecimento ocorreu há alguns anos quando participava de um grupo de médiuns que tinham o intuito de desenvolverem suas percepções. Embora o grupo não se reúna mais, eu carregarei os ensinamentos dessa passagem para o resto da minha vida. Sempre procuro ressaltar em meus textos sobre a importância dos estudos contínuos e como isso facilita o trabalho espiritual para nós mesmo e para as equipes que nos assistem.

Neste sábado iniciamos a reunião como de costume. (Caso você não tenha familiaridade com uma sessão mediúnica, os trabalhos começam com uma prece inicial, em seguida há a leitura do Evangelho Segundo o Espiritismo, realizamos a explicação daquela passagem abordada e, no nosso caso, o mentor que coordena o trabalho se manifestando por meio de um médium).

Tudo estava ocorrendo normalmente quando percebi um espirito diferente posicionado no canto da sala e observando os nossos trabalhos. Sua aparência era de uma sombra, com as feições do corpo apagadas como se fosse formado pela ausência de luz, sendo visível apenas os olhos, uma echarpe e sua aura violeta. Embora a energia que irradiava da entidade não fosse sutil, percebi que se tratava de um espírito de outra egrégora e necessitava de nossa ajuda para uma missão.

Pedimos permissão e apoio do nosso mentor responsável para ajudar o espirito. Após o sinal positivo, nos preparamos através do relaxamento, respirando e elevando nossos pensamentos a Deus. E fomos auxiliados pelo mentor. Os colegas que tinham facilidade de realizar desdobramento corporal acompanharam o espirito missionário nesta missão. Os demais ficaram realizando o apoio no mesmo local da reunião.

Amigos EspirituaisFomos conduzidos a uma região árida semelhante às planícies africanas, mas o local era seco, cinza e sem vida. Seguimos o espirito até uma enorme cratera que deveria medir 6 metros de diâmetro e era possível sentir um cheiro repugnante que perturbava a todos.

Realizamos uma aproximação cautelosa, pois não sabíamos o que poderíamos encontrar neste local. Quando foi possível a visualização do interior do buraco, a cena era chocante: o lugar era uma grande cova com dezenas de fetos espalhados por todos os lados.

Os fatos estavam acontecendo no plano astral, mas era a copia astral de um local na crosta terrestre. A energia no local era pesada. O espirito informou que precisaríamos administrar as nossas emoções, pois se trabalhássemos no emocional o desgaste seria enorme. O trabalho consistia em auxilia esses espíritos que ali ficaram presos por conta da forma brutal em que realizaram a passagem para o mundo espiritual.

Uma ponte foi criada entre o local e o grupo que ficara na reunião para o trabalho ser realizado. Retornamos aos nossos corpos físicos. cada pessoa agora tinha um dos bebês em seus braços. Os médiuns clarividentes foram passando as informações do que ia acontecendo para facilitar aos outros trabalhadores.

Após uma proteção ser feita o mentor nos instruiu a trabalhar com o amor incondicional, essa energia manipularia o ectoplasma doado pelos médiuns, permitindo que os perispíritos fossem reconstruídos, libertando aqueles espíritos de suas prisões mentais.

A partir deste momento a beleza dos acontecimentos pode ser inenarrável. Do nosso Chakra cardíaco brotava uma flor enorme, cada um dos médiuns tinha uma flor de cor diferente. Eu vi flores verdes, rosas, violetas… A minha foi uma amarela alaranjada. Conforme as pétalas iam se abrindo lentamente, podia sentir o calor que saía do meu peito e preenchia o espírito amparado, fazendo uma conexão sutil entre assistido e o médium.

Em seguida, as pétalas foram se fechando com todo carinho, acolhendo o bebezinho em seu íntimo. Eu senti o quanto a energia do amor é importante para quem dá e quem recebe. Ela te revitaliza, dá a certeza de que tudo é maravilhoso e que todos nós somos conectados.

De repente o bebezinho abriu os olhos, ele parecia estar olhando para dentro da minha alma.Sorriu e me fez sentir uma sensação de gratidão que ambos sentiam por Deus e tudo que existe, onde todos estão conectados como um único sistema vital.

Após essa experiência eu percebi que o “Estar Disponível” é um estado de alma para auxiliar quem precisa reaprender sobre uma das principais coisas do universo: O amor universal.

Gratidão Sempre

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s